Você sabe identificar alguém cego, de baixa visão ou surdo/cego pela cor da bengala?

Você sabia que existe três tipos de deficiência visual? Muitos não sabem dessa informação e acabam generalizando o deficiente visual.
O termo deficiência visual não significa, necessariamente, total incapacidade para ver. Na verdade, sob deficiência visual poderemos encontrar pessoas com vários graus de visão residual.

 

Clique aqui e confira um vídeo da Graziela. Ela é deficiente visual e explica a diferença entre as cores das bengalas. 

Entenda a diferença:

Os três tipos de deficiência visual

Cego: É considerado cego aquele que apresenta ausência total da visão. A visão é nula, e não é possível identificar obstáculos, movimentos, ou iluminação através de seu campo de visão.

A cor da bengala para o cego é branca.

Baixa Visão: Aqueles que possuem visão parcial conseguem identificar a luz, são capazes de contar os dedos a curta distância, enxergam vultos, em alguns casos, podem identificar pessoas e objetos.

A cor da bengala para o cego é verde.

Cego-Surdo: A pessoa com surdo-cegueira não enxerga e não escuta, para a sua comunicação é necessário diferentes formas, algumas delas são: língua de sinais, escrita em braile e o tadoma, onde a a pessoa surdo-cega coloca o polegar na boca do falante e os dedos ao longo do queixo.

A cor da bengala para o cego é vermelha e branca.

Confira como identificar o tipo de grau do deficiente visual através das cores de sua bengala

Imagem com três exemplos mostrando os tipos de bengala.

Fonte: directborrachas

◾ Bengala Branca: Sinaliza a pessoa cega, perca total da visão.
◾ Bengala Verde: Sinaliza pessoas com baixa visão, não são cegas, apenas enxergam com maior dificuldade, possui visão parcial.
◾ Bengala Branca e Vermelha: sinalização a pessoa que são surdas e cegas. Normalmente pode ser sinalizado apenas com um adesivo vermelho sobre a bengala branca.

Leia também
Teto de R$ 140 mil para carros PCD está nas mãos do Senado; veja 46 modelos aptos a obter a isenção

Teto de R$ 140 mil para carros PCD está nas mãos do Senado; veja 46 modelos aptos a obter a isenção

MP aprovada na Câmara eleva teto para isenção do IPI de R$ 70 mil a R$ 140 mil. Confira os 46 carros elegíveis ao desconto para PCD

Goioerê estuda implantar EBDMs do Crea de acessibilidade e agricultura familiar

Goioerê estuda implantar EBDMs do Crea de acessibilidade e agricultura familiar

Estudos Básicos de Desenvolvimento Municipal da Agenda Parlamentar foram apresentados aos prefeituráveis antes das eleições de 2020